Hubble faz foto dos restos de uma explosão estelar

Restos de uma estrela que explodiu milhares de anos atrás criaram um padrão abstrato no céu, capturado pelo telescópio espacial Hubble. Esta foto da Nebulosa do Lápis é parte dos resíduos da gigantesca supernova de Vela, localizada no sul da constelação de Vela. Descoberta na década de 1840 por Sir John Herschel, a nebulosa deve o nome a sua aparência quase linear.A forma da nebulosa sugere que ela é parte da onda de choque da supernova, que encontrou recentemente uma região do espaço com gás denso. É a interação entre a energia da explosão da estrela e o gás que gera a luminosidade. Os resíduos estão a 815 anos-luz da Terra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.