Humorista é investigado por satirizar presidente

A Justiça do Egito abriu uma investigação contra o humorista Bassem Youssef, que satirizou o presidente do país, Mohamed Morsi, em um programa de TV. A acusação é a de que Youssef tentou "desestabilizar a autoridade do presidente" com as piadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.