Identificado em Nápoles corpo de diplomata canadense desaparecido

Um corpo encontrado no esgoto de Nápoles com uma faca enterrada no abdome foi identificado como o de um diplomata canadense que estava desaparecido desde março, informou a polícia local nesta segunda-feira.Autoridades identificaram o homem como Lewis Brooks Miskell, um diplomata canadense de 49 anos que estava de férias em Viena, Áustria, disse um oficial da polícia de Nápoles, Luigi Bonacura. De acordo com ele, a morte está sendo investigada. O corpo foi encontrado na sexta-feira. A identificação foi feita pelos registros de arcada dentária.Bonacura informou que Miskell chegou na Itália em 9 de março para passar férias, mas desapareceu alguns dias depois. Telefonemas feitos à Embaixada do Canadá em Roma para comentar o assunto não foram respondidos até o momento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.