Iêmen: ataque de drone mata 30 militantes da Al-Qaeda

Um ataque de drone (avião não tripulado) no sul do Iêmen matou pelo menos 30 supostos militantes da organização fundamentalista islâmica Al-Qaeda neste domingo, disse um chefe tribal. Este foi o mais recente de uma série de ataques aéreos no país.

AE, Agência Estado

20 de abril de 2014 | 11h42

Mais cedo, houve ainda relatos de muitos outros feridos na cidade de Al-Mahfad, na província de Abyan.

No sábado, autoridades de segurança já haviam reportado outro ataque de drone na região central do país. Pelo menos 15 supostos militantes da Al-Qaeda e três civis foram mortos na província de Baida.

Os Estados Unidos são o único país que opera drones no Iêmen, mas autoridades norte-americanas raramente discutem o programa sigiloso que mantêm no país. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Iêmendrone

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.