Iêmen diz que 37 militantes foram mortos em ofernsiva do exército no sul

O Iêmen informou neste domingo que 37 militantes da al Qaeda foram mortos em fortes embates entre o exército e militantes na província sulista de Shabwa.

Reuters

04 Maio 2014 | 09h37

A agência de notícias estatal Saba citou fonte militar ao afirmar que a maioria dos mortos no combate neste domingo eram sauditas, afegãos, somalis, chechenos e outras nacionalidades. A fonte também afirmou que o exército destruiu uma série de veículos e armas que pertenciam aos militantes.

(Texto de Yara Bayuoumi)

Mais conteúdo sobre:
IEMEN EXERCITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.