Iêmen diz ter prendido um líder da Al-Qaeda

A polícia do Iêmen anunciou ontem ter prendido um dos líderes do grupo radical Al-Qaeda no país. Suleiman Hassan Mohammed Murshed Awad foi capturado em Zinjibar, no sul do país. Awad, também conhecido como Abu Osama al-Abi, é "um dos terroristas mais perigosos da Al-Qaeda e participou de ataques a estrangeiros", segundo o governo. Washington, que considera o braço iemenita da Al-Qaeda a divisão mais perigosa do grupo, recentemente deu auxílio militar e tático ao Exército local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.