Igreja protestante manda queimar os livros de Harry

O ministro de uma igreja doestado de Novo México, nos EUA, ordenou a queima dos livros deHarry Potter em uma "fogueira sagrada", alegando que elesrepresentam "uma abominação em relação a Deus". O religioso Jack Brock ordenou que sejam lançadas àschamas as cópias dos populares livros da escritora inglesa J.K.Rowling, diante da Igreja da Comunidade Cristã de Alamogordo, nopróximo domingo. "São livros que incentivam os jovens a aprender sobrefeitiços, magos e as práticas da bruxaria; todas as coisas querepresentam uma abominação diante de Deus", disse o ministro. Segundo Brock, de 74 anos, as aventuras do jovemaprendiz de mago, que estuda na Escola de Bruxaria de Hogwarts ,"arruinará a vida de muitos jovens". Os livros de Rowling são um absoluto best-seller emtodo o mundo, enquanto que o filme recentemente estreado estábatendo recordes em todos os cinemas do mundo. A respeito dos que a acusam de incentivar a bruxaria,Rowling diz que "já me encontrei com milhares de jovens enenhum deles jamais me dissse que decidiu converter-se em magoou feiticeiro através de meus livros".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.