Imagem de Saddam deixa de ser moeda corrente no Iraque

As cédulas com a imagem do ex-presidente do Iraque Saddam Hussein tornam-se obsoletas hoje, quando termina o prazo de três meses para a troca. Mais de 10 mil toneladas de cédulas com a imagem do ex-presidente, deposto pelas tropas lideradas pelos EUA, estavam sendo destruídas de acordo com uma declaração conjunta do Banco Central do Iraque e da Autoridade Provisória da Coalizão."A reconstrução da economia arruinada do Iraque é uma prioridade para a coalizão e a nova cédula para substituir a antiga era uma medida necessária", afirmou o administrador norte-americano no Iraque, Paul Bremer.As novas cédulas, ilustradas com imagens que fazem alusão às contribuições científicas, paisagens, história e vida econômica do Iraque, foram impressas com valores de 50, 250, 1.000, 5.000, 10.000 e 25.000 dinares. Um dólar vale agora entre 1.200 e 1.300 dinares, ante a cotação de 2.000, antes da invasão dos EUA. O comunicado informa ainda que o dinar registrou uma apreciação de 25% desde 15 de outubro, quando começou a troca de cédulas. O vice-governador do Banco Central do Iraque, Ahmed Salman Jaburi, afirmou que as novas cédulas são seguras e têm detalhes que dificultam a falsificação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.