Imam de Teerã acusa Ocidente de dividir sunitas e xiitas

O Imam que proferiu o sermão oficial desta sexta-feira, 29, de Teerã acusou o Ocidente de querer dividir as comunidades muçulmanas sunitas e xiitas, informou a agência oficial de notícias iraniana Irna.O aiatolá Mohammad Emami Kashani disse que "os inimigos têm em andamento um grande plano contra o mundo islâmico e a região do Oriente Médio".Kashani acusou o Ocidente de tentar "criar dois grupos (xiitas e sunitas) para impedir que sejam resolvidos os assuntos entre os muçulmanos, especialmente no Iraque".O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, divulgou também nesta sexta uma mensagem "aos muçulmanos do mundo" por ocasião do ritual da peregrinação a Meca. No discurso, o líder religioso enfatizou a importância da união entre os fiéis."Começou uma nova e importante etapa na vida política do povo islâmico e todos os muçulmanos devem cumprir os seus importantes deveres contra as conspirações separatistas", afirmou Khamenei, de acordo com a agência Irna.Além disso, o líder religioso disse que o objetivo principal do ritual da peregrinação é demonstrar a unidade dos muçulmanos. "O distanciamento entre os irmãos dá a oportunidade aos inimigos para semear a divisão entre os muçulmanos", declarou Khamenei.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.