Iman muçulmano é assassinado na Rússia

Homens não-identificados atiraram e mataram um alto membro da igreja muçulmana em problemática província russa, segundo autoridades disseram nesta terça-feira. Este é o mais recente caso da onda de ataques que têm como alvo líderes religiosos e outros membros na região.Abubakir Kudzhiyev, iman de uma mesquita na cidade de Kislovodsk, foi assassinado na segunda-feira à noite quando chegava em sua casa, afirmou Roman Gubatov, porta-voz do ministério do Interior.Logo após o assassinato, a polícia parou dois homens suspeitos nas proximidades, mas eles abriram fogo e fugiram. Um suspeito foi morto pela polícia, e um policial ficou ferido, de acordo com a agência de notícias russa ITAR-Tass. Kislovodsk fica na província de Stravropol, vizinha das regiões empobrecidas e de maioria muçulmana do norte do Cáucaso russo. Vários líderes religiosos foram assassinados em ataques semelhantes nos últimos meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.