Imigrantes ilegais morrem ao tentar atravessar a fronteira com os EUA

Um veículo utilitário com suspeitos imigrantes ilegais capotou na segunda-feira quando tentava fugir de agentes da patrulha da fronteira. Nove mexicanos morreram e outros 12 ficaram feridos, segundo fontes oficiais. Entre os feridos, cinco estão em estado grave, em situação crítica, sendo um deles uma mulher grávida. A maioria está com traumatismo craniano, segundo funcionários do hospital.O veículo, uma Chevy Suburban, levava 21 pessoas quando o motorista tentou desviar de um posto de controle na estrada, segundo o porta-voz da patrulha da fronteira, Lloyd Frers. Com os agentes da patrulha perseguindo o veícuo, o motorista tentou fazer uma curva em U e capotou, segundo o porta-voz. Ele não sabia qual era a velocidade do veículo.Muitos imigrantes ilegais morrem todos os anos ao tentar atravessar a fronteira mexicana como o Arizona. Contrabandistas freqüentemente tentam fugir das autoridades em alta velocidade ou em carros com excesso de carga, o que torna o controle do veículo mais difícil. Ao menos 291 imigrantes morreram tentando ultrapassar a fronteira desde primeiro de outubro, segundo o porta-voz dos patrulheiros, Gustavo Soto.Entre elas, 75 mortes aconteceram por causa do calor, 45 morreram afogados e outros 42 morreram em decorrência de acidentes de automóveis.Além dessas ocorrências, os restos mortais de outras 63 pessoas foram encontrados ao longo da fronteira.A área de Yuma, uma faixa de deserto no sul do Arizona, se tornou uma das principais regiões de entrada de imigrantes ilegais nos EUA. O presidente Bush visitou a área em maio a fim de pressionar pelo endurecimento das leis de imigração.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.