AP Photo/John Minchillo
AP Photo/John Minchillo

Imigrantes ilegais recebem mais cuidados nos EUA do que veteranos, diz Trump

Em ato de homenagem aos mortos em guerras, republicano prometeu revelar quando entregará os US$ 6 milhões em doações que teriam sido arrecadados para ex-combatentes

O Estado de S. Paulo

30 Maio 2016 | 06h00

WASHINGTON - O pré-candidato republicano à presidência dos EUA Donald Trump aproveitou o ato em Washington de homenagem aos mortos em guerras para afirmar que nos EUA os imigrantes "ilegais" recebem tratamento melhor que os ex-combatentes.

Trump subiu ao palco montado pelos organizadores do chamado "Rolling Thunder", em frente ao memorial a Abraham Lincoln, para repetir seu discurso populista a favor dos veteranos de guerra e contra os imigrantes.

"Temos que cuidar de nossos veteranos e, em muitos casos, os imigrantes ilegais estão recebendo melhores cuidados neste país que os veteranos, e isso não vai acontecer comigo", garantiu Trump.

O magnata também prometeu revelar amanhã, no Memorial Day, os dados e as datas nas quais entregará os US$ 6 milhões em doações que supostamente arrecadou para os veteranos em janeiro, que ainda não distribuiu e estavam sendo colocadas em dúvida.

Trump, que já tem o número necessário de delegados para ser nomeado candidato presidencial do Partido Republicano em julho, seguiu os mesmos roteiros pelos quais transitam seus discursos e prometeu "destroçar" o Estado Islâmico (EI) se chegar à Casa Branca.

Além disso, garantiu que se encarregará de fazer com que as Forças Armadas americanas "sejam maiores, melhores e mais fortes do que nunca". /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.