PHILIPPE HUGUEN / AFP
PHILIPPE HUGUEN / AFP

Imigrantes tentam atravessar Eurotúnel pela 3.ª madrugada consecutiva

Pessoas querem invadir passagem sobre o Canal da Mancha para chegar à Grã-Bretanha; na quarta-feira, dois morreram na tentativa

O Estado de S. Paulo

30 de julho de 2015 | 09h25

PARIS - Centenas de imigrantes tentaram invadir na madrugada desta quinta-feira, 30, as instalações do Eurotúnel que une a França à Grã-Bretanha pelo Canal da Mancha, disseram fontes policiais, na terceira madrugada consecutiva de tentativas.

O número de pessoas que tentaram cruzar a fronteira foi menor do que nas duas últimas noites, quando cerca de 2 mil imigrantes tentaram realizar a travessia em cada madrugada. Desta vez, segundo as fontes, cerca de 300 pessoas foram detidas no local.

No entanto, outras mil foram vistas nos arredores do terminal, esperando por uma brecha para atravessarem o canal. Para chegarem ao lado britânico do canal, os imigrantes precisam atravessar uma estrada perigosa e esconder-se no interior ou sob o chassi de caminhões, correndo risco de morrer. 

A crise migratória na região fez com que o ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, anunciasse o envio de 120 policiais para reforçar a vigilância do Eurotúnel. 

Nos últimos dois meses, dez imigrantes morreram no próprio túnel ou nos arredores do terminal tentando entrar de forma clandestina no Grã-Bretanha. Só na quarta-feira, foram registradas duas mortes: um sudanês foi atropelado por um caminhão e um egípcio morreu eletrocutado. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.