Carlos Barria/Reuters
Carlos Barria/Reuters

Impeachment: Filho de Biden diz que trabalhar na Ucrânia foi um erro político

Família está no centro do pedido de impeachment de Trump, depois de o republicano ter pedido ao presidente ucraniano Volodmir Zelenski para investigá-la

Redação, O Estado de S.Paulo

15 de outubro de 2019 | 15h03

WASHINGTON - Hunter Biden, filho do pré-candidato à presidência americana, Joe Biden, disse nesta terça-feira, 15, ter cometido um erro político ao trabalhar na empresa de gás ucraniana Burisma, quando o pai foi vice-presidente dos EUA. 

A família Biden está no centro do pedido de impeachment do presidente Donald Trump, depois de o republicano ter pedido ao presidente ucraniano Volodmir Zelenski para investigá-la em busca de ganhos políticos. 

Para Entender

Guia para entender a polêmica entre Trump, a família Biden e a Ucrânia

Como a acusação de Trump contra Biden e suspeitas democratas contra o republicano envolvem o país europeu e uma empresa de gás

Os democratas acusam Trump de abuso de poder. Trump diz, sem apresentar provas, que Biden agiu para proteger o filho de denúncias de corrupção na Ucrânia. 

"Eu cometi um erro? Talvez, no cenário geral", disse ele em entrevista à ABC News. “Mas cometi um erro em algum sentido ético? Absolutamente não.”

No domingo, o advogado de Hunter Biden divulgou uma declaração, negando qualquer ato repreensível durante os cinco anos de gestão na empresa ucraniana. 

Para Entender

Guia do impeachment: veja o passo-a-passo para depor o presidente dos EUA

Entenda todas as etapas necessárias para remover Donald Trump e saiba quais sãos as diferenças em relação ao processo no Brasil

"Quando penso nisso, não acho que fiz algo errado. Mas foi um erro de julgamento me encontrar no meio do que é um verdadeiro pântano de várias maneiras? Sim”, disse Hunter Biden, de 49 anos.

“Dei a oportunidade a pessoas muito imorais de agir de maneira ilegal para tentar machucar a mim e a meu pai. Esse foi o meu erro, por isso reconheço minha responsabilidade. Fiz algo inapropriado? Não, em nenhum momento, de nenhuma maneira”, insistiu.

Hunter Biden anunciou no domingo que renunciou ao conselho administrativo de uma empresa chinesa, o que também lhe valeu ataques de Trump.

Para Entender

Impeachment nos EUA já atingiu três presidentes, mas nenhum foi deposto

Os democratas Bill Clinton, em 1998, e Andrew Johnson, em 1868 foram absolvidos pelo Senado; em 1974, Nixon renunciou antes da votação

Joe Biden, de 76 anos, é considerado o favorito das primárias democratas para enfrentar Trump em 2020, embora a senadora Elizabeth Warren esteja crescendo nas pesquisas.

Nesta terça-feira à noite, 12 candidatos democratas participarão de um novo debate transmitido pela televisão./ AFP

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.