Imperador Akihito celebra 77 anos no Japão

O imperador Akihito comemorou hoje seus 77 anos e pediu ao povo do Japão que preste atenção às necessidades dos idosos, conforme aumenta rapidamente o número de pessoas na terceira idade no país. Akihito saudou milhares de pessoas, que se congregaram para vê-lo enquanto agitavam bandeiras japonesas. Ele cumprimentou o público de um balcão do Palácio Imperial em Tóquio. A imperatriz Michiko e outros membros da família real, entre eles o filho mais velho de Akihito, o príncipe herdeiro Naruhito, e sua mulher, a princesa Masako, estavam no balcão.

AE, Agência Estado

23 de dezembro de 2010 | 10h00

Akihito reduziu seus compromissos oficiais ultimamente por causa de sua saúde, e não realizou viagens para o exterior este ano. Em 2003, o imperador passou por uma cirurgia para tratar um câncer de próstata.

Akihito disse também em entrevista coletiva na segunda-feira que tem problemas de surdez. Ele notou que as pessoas devem ser mais atentas aos mais idosos, inclusive garantindo que os edifícios e povoados estejam mais bem equipados para suas necessidades. "Em nossa sociedade atual, onde a população segue crescendo, é minha sincera esperança de que haverá uma maior compreensão das necessidades dos anciãos", disse ele.

O Japão é um dos países do mundo com maior número de idosos. O governo estimou que os japoneses com 65 anos ou mais eram 22,7% da população em 2009. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoaniversárioAkihito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.