Importante líder rebelde tâmil é morto, diz Sri Lanka

Um alto membro do Exército de Libertação dos Tigres do Tamil Eelam (LTTE) foi morto hoje em um ataque das forças oficiais, informaram os militares do Sri Lanka. É o segundo importante líder dos rebeldes morto nos últimos 16 meses. O anúncio ocorre um dia após um atentado suicida matar 14 pessoas e ferir com gravidade um ministro, no sul do país. Os militares afirmaram que os rebeldes foram responsáveis pelo ataque.O brigadeiro Udaya Nanayakkara, porta-voz militar, disse que as tropas confirmaram a morte de Sabaratnam Selvathurai, conhecido como Thamilenthi, em confrontos na última cidade controlada pelos rebeldes, Puthukkudiyiruppu. Selvathurai, encarregado da unidade financeira do LTTE, é o segundo importante líder morto em ataques do governo. S.P. Tamilselvan, o chefe do braço político do grupo, foi morto em um ataque aéreo em 2007.Os rebeldes ainda não comentaram o caso. Os jornalistas estão proibidos de entrar na zona de guerra. A morte pode dar mais força às forças oficiais, que lutam para tomar o último bastião dos rebeldes no norte do país. O LTTE aparentemente está perto da derrota, após 25 anos de guerra civil. O grupo rebelde luta desde 1983 pela independência da minoria tâmil, marginalizada há décadas pela maioria cingalesa. Mais de 70 mil pessoas foram mortas nesse confronto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.