Imprensa protesta contra prisão de jornalista na Macedônia

Organizações de mídia condenaram neste sábado a prisão de um jornalista investigativo na Macedônia, após um tribunal de apelações manter as acusações contra ele, embora tenha reduzido a pena. Tomislav Kezarovski havia sido condenado a quatro anos de prisão em outubro de 2013, por revelar a identidade de uma testemunha em um caso de assassinato, em um artigo publicado na revista Reporter 92, em maio de 2008.

AE, Estadão Conteúdo

17 de janeiro de 2015 | 19h53

Kezarovski estava sob prisão domiciliar desde a primeira condenação. Nesta sexta-feira, o tribunal de apelações reduziu a pena para dois anos e ordenou que ele cumprisse o restante da condenação - até outubro - na prisão, para onde já foi transferido.

A testemunha sobre a qual Kezarovski escreveu havia acusado duas pessoas de assassinato, mas posteriormente os suspeitos foram absolvidos, após um tribunal decidir que a testemunha não era credível. A testemunha disse aos juízes que foi pressionada pela polícia a fazer as acusações. Jornalistas da Macedônia dizem que o colega não deveria ter sido condenado e suspeitam de pressão política por trás da prisão. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Macedôniajornalistaprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.