Impunidade no México é a maior preocupação

Os ataques do crime organizado contra os jornalistas mexicanos foram considerados a maior ameaça à imprensa hoje nas Américas. A incapacidade do governo de encontrar os culpados e proteger os jornalistas também foi mencionada no encerramento da assembleia da SIP. O líder mexicano, Felipe Calderón, participou do encontro e prometeu empenho para reverter o quadro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.