AFP Photo
AFP Photo

Inaugurado em Xangai o observatório mais alto do mundo

Vista da Torre de Xangai permite olhar uma das principais cidades chinesas a 546 metros de altura

O Estado de S.Paulo

26 Abril 2017 | 02h42

XANGAI - O Observatório da Torre de Xangai, o mais alto do mundo, abriu oficialmente suas portas aos visitantes nesta quarta-feira, 26. Localizado no 118.º piso do chamado "Top of Xangai", os visitantes poderão apreciar uma vista panorâmica da cidade através de grandes painéis de cristal.  

Ali, é possível subir a 546 metros de altura em menos de um minuto graças aos elevadores de alta velocidade. O observatório, que já foi aberto previamente durante uma temporada de testes, tem mil metros quadrados. Os visitantes terão que pagar uma entrada de US$ 28 (R$ 90). 

A Torre de Xangai tem 632 metros e 137 andares, sendo o edifício mais alto da China e o segundo do mundo, superado apenas pelo Burj Khalifa, de Dubai, com 828 metros. 

O edifício tem uma superfície construída de 530 mil metros quadrados e conta com escritórios, lojas, restaurantes e um hotel. 

Desenhado pelo norte-americano Marshall Strabala, já é uma das marcas de identidade de Xangai e é o terceiro dos três edifícios que o governo municipal planejou construir em 1995 no coração de Lujiazui, o distrito financeiro de uma das mais importantes cidades chinesas. / EFE  

Mais conteúdo sobre:
XANGAIBurj KhalifaDubaiChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.