AFP
AFP

Incêndio atinge a maior biblioteca da Rússia e ameaça documentos raros

Instituto abriga 10 milhões de documentos e textos e apenas uma pequena parte da coleção havia sido digitalizada, afirma diretor

O Estado de S. Paulo

31 de janeiro de 2015 | 19h52

Um incêndio na maior biblioteca pública da Rússia ameaça destruir milhares de documentos raros. O Instituto para Informação Científica em Ciências Sociais, no sudoeste de Moscou, pegou fogo na noite da última sexta-feira, 30 e segue ao longo deste sábado. O ministro para situações de emergência do país afirmou que mais de 200 bombeiros seguem tentando lutar contra as chamas.

Yuri Pivovarov, o diretor do instituto que abriga 10 milhões de documentos e textos, descreveu o incêndio como um desastre. Em depoimento à televisão russa, ele disse não conhecer ainda a extensão do prejuízo causado pelo fogo, mas que a sala principal, onde estão guardados textos eslavos raros, parece não ter sido atingida.

Segundo o diretor, apenas uma pequena parte da coleção havia sido digitalizada. Ainda não se sabe exatamente como o incêndio começou. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiaincêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.