Incêndio atinge editora de jornais na Rússia

Um incêndio em um prédio de uma editora de jornais no centro de Moscou foi controlado nesta segunda-feira após três horas de luta dos bombeiros.Duas pessoas foram hospitalizadas com suspeita de intoxicação e os bombeiros resgataram 10 pessoas do topo do edifício em chamas, disse o porta-voz do ministro de situações de emergência, Viktor Beltsov. "Acreditamos que todas as pessoas que estavam no prédio já foram evacuadas".Um curto-circuito nos escritórios do diário Komsomolskaya Pravda, no sexto andar, é a provável causa do incêndio, disse a agencia de notícias Itar-Tass.Doze caminhões de bombeiro correram ao local para acabar com as chamas, que se espalharam por uma área de 2.000 metros quadrados, disse o porta-voz do ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.