Incêndio atinge estação ferroviária em Roma

Um incêndio em uma das estações ferroviárias de Roma hoje provocou o cancelamento e longos atrasos dos trens da rota norte-sul que passam pela capital. Bombeiros e autoridades ferroviárias informaram que o incêndio começou antes do amanhecer em uma sala de máquinas na estação de Tiburtina, no extremo leste da capital.

AE, Agência Estado

24 de julho de 2011 | 15h42

Durante a tarde, bombeiros ainda trabalhavam para conter as chamas e a espessa fumaça, embora o prefeito Gianni Alemanno tenha dito que o fogo estava sob controle. Não houve relatos de feridos. Autoridades disseram que a causa do incêndio ainda não pode ser determinada, já que os esforços para contê-lo ainda estavam em andamento.

Apenas duas linhas de trem que passam pela estação estão abertas, de acordo com o órgão encarregado do transporte ferroviário na cidade. Nenhuma delas inclui trens de alta velocidade entre Milão e Roma ou Nápoles, que passam por Tiburtina, mas não param ali na rota para a estação central Termini. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
incêndiotremItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.