EFE/EPA/MAXIM SHIPENKOV
EFE/EPA/MAXIM SHIPENKOV

Incêndio causa a retirada de três mil pessoas de shopping em Moscou

Segundo ministério russo, não há relatos de mortes, apenas feridos; bombeiros usam helicópteros para conter o fogo

O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2017 | 19h36

MOSCOU - Um incêndio de grandes proporções em um grande mercado no extremo-sudoeste de Moscou neste domingo, 8, deixou vários feridos. Segundo o ministério russo de Situações de Urgência, três mil pessoas foram retiradas do local.

+ No Brasil: Creche será reaberta em 80 dias e deve receber nome da 'professora heroína', diz prefeito de Janaúba

Por volta das 16 horas (horário de Brasília), as chamas se espalharam pelos cerca de 55 mil metros quadrados do shopping especializado na venda de materiais de construção e decoração, diz um comunicado do governo. Enormes colunas de fumaça preta subiam desse estabelecimento, onde parte do teto desabou. Os bombeiros usam helicópteros para tentar conter o fogo.

Mais de 290 bombeiros, 170 viaturas e três helicópteros foram enviados para o local, de acordo com o Ministério. /AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.