AP Photo
AP Photo

Incêndio deixa 70 mortos e pelo menos 55 feridos em Bangladesh

Chamas começaram em um armazém de produtos de plástico e se espalharam por edifícios vizinhos na parte antiga da capital Daca

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2019 | 00h49

DACA - Pelo menos 70 pessoas morreram em um incêndio de grandes proporções nesta quarta-feira, 21, em Daca, capital de Bangladesh. As chamas atingiram diversos edifícios na região de Chawkbazar, na parte antiga da cidade.

Ao menos 55 pessoas, incluindo mulheres e crianças, ficaram feridas e foram transferidas para diversos hospitais da região. Dez vítimas foram internadas em estado grave. Centenas de pessoas lotaram os centros médicos em busca de informações sobre familiares.

"Até agora, 70 corpos foram recuperados. O número pode subir a medida que as buscas continuem", afirmou Julfikar Rahman, diretor do Corpo de Bombeiros local.

Cerca de 200 homens atuaram no combate ao incêndio que começou por volta das 22h35 desta quarta, 20, no horário de Brasília, em um armazém de produtos de plástico conhecido como Haji Wahed Mansion. Poucas horas depois, o prédio foi arrasado pelas chamas e começou a ficar inclinado, enquanto o fogo se espalhava para edifícios vizinhos.

Os trabalhos de resgate são coordenados por Sayeed Khokon, representante do gabinete do prefeito de Daca. "Nossa prioridade agora é apagar completamente o fogo e atender os feridos", disse Khokon.

As causas do incêndio são desconhecidas. Testemunhas apontam que a explosão de um cilindro de gás dentro de um automóvel estacionado na frente do armazém de produtos de plástico pode ser a explicação para as chamas. \ EFE, AFP e Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.