INSTAGRAM/@SLIMADOS/via REUTERS
INSTAGRAM/@SLIMADOS/via REUTERS

Incêndio é reportado na Trump Tower em Nova York; duas pessoas ficam feridas

Presidente está em Washington para compromissos da agenda política; edifício não precisou ser esvaziado

O Estado de S.Paulo

08 Janeiro 2018 | 11h13
Atualizado 08 Janeiro 2018 | 12h16

NOVA YORK, EUA - Equipes de resgate responderam a um incêndio na Trump Tower, em Manhattan, nesta segunda-feira, 8, segundo autoridades de Nova York. O Departamento de Bombeiros da cidade disse que o fogo se iniciou no sistema de aquecimento e ar-condicionado do edifício e duas pessoas ficaram feridas.

+ Sobe para 13 o número de mortos em incêndio no Bronx

O porta-voz do Departamento de Polícia de Nova York afirmou que o grupo recebeu uma ligação por volta das 7h30 (10h30 em Brasília) sobre o disparo de um alarme de incêndio no telhado do edifício, que não precisou ser esvaziado. Ele disse que as chamas já foram controladas.

+ Pequeno incêndio é controlado em casa da família Clinton perto de Nova York

Autoridades informaram que um civil foi tratado em razão de ferimentos graves e um bombeiro teve lesões leves.

O edifício de 68 andares era a residência da família do presidente americano, Donald Trump. No momento, ele está em Washington para compromissos da agenda presidencial.

O filho do líder dos EUA Eric Trump disse em sua conta no Twitter que se tratou de um "pequeno" incêndio e o Departamento de Bombeiros da cidade chegou ao local em "questão de minutos".

A Trump Tower foi também foi o local de gravação da série de televisão “O Aprendiz” e sede da campanha presidencial do republicano em 2016. / THE WASHINGTON POST

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.