Incêndio e vazamento de gás causam evacuação de mil pessoas na China

Acidente aconteceu na comarca de Yanchang, quando operários tentavam perfurar 2.750 metros de profundidade

Efe,

29 de julho de 2010 | 05h42

PEQUIM - Mil pessoas tiveram que ser evacuadas no noroeste da China depois de um incêndio e um vazamento de gás natural em uma jazida que continua em chamas, informa nesta quinta-feira, 29, a agência oficial de notícias Xinhua.

O incêndio aconteceu em uma jazida da companhia Yanchang Petroleum Group, na comarca de Yanchang, quando os operários tentavam perfurar a 2.750 metros de profundidade, informa Wang Fujian, um funcionário do governo local.

Embora o acidente tenha acontecido na sexta-feira passada, as autoridades locais não tinham informado até esta quinta, quando o incêndio ainda continua.

Os bombeiros indicaram que o vazamento de gás está composto de sulfureto de nitrogênio e monóxido de carbono, e tiveram que chamar especialistas de outras províncias para ajudar a extinguir o fogo.

Os evacuados, residentes de cinco localidades do distrito, relataram à agência oficial que escutaram explosões potentes, viram chamas que alcançavam 20 metros de altura e que o calor podia ser sentido a 200 metros da jazida

Após seis dias, os evacuados ainda não puderam retornar a suas casas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.