Incêndio em abrigo mata três crianças no Paquistão

Três crianças morreram e três adultos ficaram feridos hoje no incêndio da barraca em que estavam abrigados, em um campo que acolhe os desabrigados pelo terremoto ocorrido no norte do Paquistão em outubro.Segundo o secretário da província paquistanesa da Caxemira, Kashif Murtaza, o incidente ocorreu na localidade de Gajoturka, 16 quilômetros ao nordeste de Muzafarabad, a capital provincial.Três crianças de dois, quatro e seis anos morreram no incêndio enquanto dois adultos ficaram levemente feridos. Um terceiro adulto, de 74 anos, tem queimaduras de extrema gravidade e foi levado a um hospital alemão instalado na região, devastada pelo terremoto ocorrido há quase três meses.As autoridades ainda não confirmaram a causa do incêndio, mas algumas fontes indicaram que a família tinha feito uma pequena fogueira dentro da barraca para lutar contra as temperaturas abaixo de zero do duro inverno do Himalaia, enquanto outras indicam que o fogo foi provocado por uma vela.Outras sete pessoas, entre elas quatro crianças, morreram no mês passado em um incidente similar registrado em outro acampamento de refugiados da cidade de Mansehra, na Província da Fronteira Noroeste, a outra região paquistanesa gravemente afetada pelo terremoto.O frio é o maior perigo enfrentado agora pelos sobreviventes do terremoto de 7,6 graus de magnitude na escala Ritcher, que ocorreu em 8 de outubro e causou a morte de 86 mil pessoas no Paquistão e afetou outras 3,5 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.