Incêndio em asilo na Itália deixa 19 mortos

Um incêndio atingiu um lar para idosos e pacientes psiquiátricos no sul da Itália, causando a morte de 19 pessoas, muitas enquanto ainda dormiam. Nove ficaram feridas, informa Tulio Barra, chefe dos bombeiros de Salerno, a cidade grande mais próxima. Doze horas após o início do fogo, os bombeiros disseram crer que não havia desaparecidos.?Duas enfermeiras salvaram nove pessoas, que estavam mais perto da saída?, disse Nicola Parisi, prefeito de Buccino. As primeiras informações davam conta de 21 mortos, mas o número foi revisado após uma busca nos destroços. Muitos dos mortos, incluindo pessoas idosas com deficiências físicas ou mentais, foram encontradas em suas camas, aparentemente sufocados pela fumaça. ?Demos uma busca e não encontramos corpos incinerados?, disse Parisi. A causa do incêndio ainda é desconhecida, mas acredita-se em curto-circuito. O asilo, composto por um conjunto de unidades pré-fabricadas, havia sido doado pela França à Itália após o terremoto de 1980 que atingiu a região, explicou Parisi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.