Incêndio em fábrica de fogos de artifício na Índia mata 33

Um incêndio varreu uma fábrica de fogos de artifício nesta quarta-feira no Estado indiano de Tamil Nadu, ao sul, matando pelo menos 33 pessoas e ferindo dezenas de outras, algumas com queimaduras graves, segundo a polícia.

S. MURARI, Reuters

05 de setembro de 2012 | 12h13

A maioria dos mortos trabalhava na fábrica na cidade de Sivakasi, o centro da indústria indiana de fogos de artifício, a cerca de 540 quilômetros a sudoeste da capital do Estado, Chennai.

Canais de televisão mostraram grandes nuvens de fumaça saindo da fábrica, com repetidos estouros de fogos de artifício ao fundo. As equipes de resgate utilizaram macas improvisadas para transportar as vítimas para ambulâncias.

A polícia não conseguiu determinar quantos dos 250 trabalhadores da fábrica permaneceram presos dentro do local enquanto o incêndio ficava fora de controle.

"Nós não conseguimos entrar na fábrica por causa da fumaça. O número de vítimas pode subir", disse o vice-chefe de polícia, que se identificou apenas como Ramamurthy, à Reuters.

O fogo começou nos armazéns totalmente abastecidos e as chamas e a fumaça se espalharam rapidamente pela fábrica. Uma explosão ocorreu enquanto produtos químicos para os fogos de artifício estavam sendo misturados pela manhã, segundo a polícia.

(Reportagem adicional de Sankalp Phartiyal)

Tudo o que sabemos sobre:
INDIAINCENDIOFOGOSARTIFICIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.