AFP
AFP

Incêndio em fábrica de produtos químicos na China mata 44 e fere 90

Mais de 3 mil pessoas foram retiradas da área e 3.500 membros de equipes de resgate buscavam mais vítimas

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2019 | 00h13

PEQUIM - Pelo menos 44 pessoas morreram e  cerca de 90 ficaram gravemente feridas em uma explosão e posterior incêndio que atingiu nesta sexta-feira uma fábrica de produtos químicos no leste da China, informaram as autoridades locais no Weibo, o Twitter chinês.

Muitas outras pessoas ficaram levemente feridas na explosão da instalação administrada pela Tianjiayi Chemical, em Yancheng, na Província de Jiangsu. Os feridos foram levados a 16 hospitais. 

Segundo o jornal estatal Diário do Povo, a explosão foi tão violenta que destruiu os vidros das janelas das residências na zona fábrica, e projetou uma enorme coluna de fumaça, levando à retirada de mais de 3 mil pessoas.

No momento da explosão, o Centro Nacional de Sismologia registrou um tremor de 2,2 graus de magnitude na região de Yancheng.

Ao menos 3.500 socorristas permanecem na área do desastre a procura de mais vítimas, anunciaram as  autoridades de Yancheng, cidade situada 260 km ao norte de Xangai. / AFP

Tudo o que sabemos sobre:
China [Ásia]incêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.