Incêndio em hospital indiano mata 5 recém-nascidos

De acordo com as autoridades locais, o fogo começou em uma área de incubadoras do hospital Rajindra

EFE

31 de janeiro de 2009 | 06h46

Pelo menos cinco bebês morreram e outros cinco ficaram feridos em um incêndio neste sábado em um hospital público do norte da Índia, segundo informou uma fonte oficial. De acordo com as autoridades locais, citadas pela agência de notícias "Ians", o fogo começou em uma área de incubadoras do hospital Rajindra, situado na cidade de Patiala, no noroeste daÍndia. O superintendente médico, Surinder Kumar, disse que o fogo surgiu devido a problemas elétricos e rapidamente tomou a sala onde os bebês estavam. Os mortos, que tinham entre três e sete dias de vida, são três meninos e duas meninas, enquanto dois dos bebês feridos seguem em estado grave. "Houve um curto-circuito nas conexões das máquinas. O pessoal reagiu imediatamente. Mas infelizmente cinco dos bebês não puderam ser salvos", disse Kumar à agência, também indiana, "PTI". Fontes do hospital asseguraram que as máquinas não estavam em condiões ideais na sala do incêndio, uma acusação que será investigada pelas autoridades locais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.