Incêndio em mina de carvão deixa 25 mortos na China

Um incêndio em uma mina de carvão deixou pelo menos 25 operários mortos, nesta sexta-feira, na China. As equipes de resgate ainda procuram por quatro homens que teriam ficado presos. O fogo na mina de Wanbao, nos arredores de Taonam - uma cidade da província chinesa de Jilin - pode ter começado nas máquinas, que se incendiaram por volta das 9h40 (hora local). A causa do incêndio ainda está sendo investigada. As minas de carvão chinesas são as mais fatais do mundo. Só nos nove primeiros meses deste ano, 4.257 mineiros perderam a vida em incêndios, enchentes e explosões em seu local de trabalho. Apesar das contínuas advertências do governo, muitos acidentes continuam sendo causados por ausência de equipamentos de combate aos incêndios ou por falta de prevenção e orientação por parte pessoal especializado em segurança no trabalho.

Agencia Estado,

06 Dezembro 2002 | 17h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.