Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Incêndio em mina de carvão deixa 25 mortos na região central da China

3 pessoas foram presas; minas de carvão chinesas são as mais mortíferas do mundo

Associated Press e Efe,

15 de março de 2010 | 21h42

25 pessoas morreram em um incêndio em uma mina de carvão na região central da China, informou nesta segunda-feira, 15, a agência oficial Xinhua.

 

Segundo relatos, o fogo se iniciou em cabos subterrâneos na mina de Dongxing, situada en Zhengzhou, capital da província de Henan.

 

No momento do incêncio, 31 pessoas estavam trabalhando no local. Segundo o escritório de informações de Zhengzhou, seis mineiros foram resgatados.

 

As investigações iniciais indicam que a mina operava ilegalmente. Segundo o comunicado, três pessoas foram presas pela polícia chinesa.

 

As minas de carvão chinesas são as mais mortíferas do mundo, apesar de esforços do governo para reduzir acidentes.

 

A maioria das fatalidades ocorrem em consequência de falhas no seguimento de instruções de segurança ou falta de ventilação, controle contra incêndios e outros equipamentos.

 

Os acidentes aumentam no inverno, quando a demanda por carvão para calefação aumenta em todo o país.

 

Em 2009, 2.631 trabalhadores de minas morreram na China.

 

Notícia atualizada às 22h43 para acréscimo de informações

Tudo o que sabemos sobre:
incêndiominacarvãoChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.