Incêndio em mina de carvão deixa 28 mineiros presos na China

No momento do acidente havia 91 trabalhadores no interior da mina; incêndio pode ter sido provocado por dano em um aparelho compressor

Efe,

07 de julho de 2011 | 03h09

PEQUIM - Vinte e oito mineiros permanecem presos em consequência de um incêndio em uma mina de carvão na província oriental chinesa de Shandong, informou a agência oficial Xinhua nesta quinta-feira, 7.

 

No momento do acidente, 91 trabalhadores estavam no interior da mina, situada na localidade de Zaozhuang e propriedade da empresa Fanbei. O incêndio pode ter sido provocado por dano em um aparelho compressor.

 

As equipes de resgate continuam trabalhando no local do acidente e, por enquanto, conseguiram resgatar 63 mineiros.

 

A mina foi ampliada em junho do ano passado para aumentar sua produção, que atualmente é de 150 mil toneladas anuais, e em outubro o poço passou por inspeções de segurança obrigatórias.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinamina de carvãoacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.