Incêndio em mina deixa 18 desaparecidos na África do Sul

A mineradora sul-africana Harmony Gold Mining Company disse, neste domingo, que 18 pessoas estão desaparecidas após um incêndio em uma mina.

Estadão Conteúdo

22 de fevereiro de 2015 | 16h48

A empresa afirmou em um comunicado que 486 trabalhadores ficaram presos, quando o foco começou a 2.300 metros abaixo da superfície. A porta-voz da companhia Charmane Russell disse que todos, exceto 18 trabalhadores, foram contabilizados logo após as 9h (horário local) na mina Kusasalethu, localizada próxima da cidade de Carletonville, na província de Gauteng.

Segundo a Harmony Gold, 389 foram resgatados com segurança para a superfície. A empresa afirmou que o fogo tinha sido contido e que as operações de resgate continuam. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
África do SulMinaIncêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.