Kazakhstan Ministry for Emergency Situations via AP
Kazakhstan Ministry for Emergency Situations via AP

Incêndio em ônibus no Casaquistão mata ao menos 52 pessoas

Somente cinco sobreviveram ao acidente; ainda não foram informadas as causas das chamas

O Estado de S.Paulo

18 Janeiro 2018 | 10h50

ASTANA - Ao menos 52 pessoas morreram no incêndio de um ônibus que viajava no noroeste do Casaquistão, anunciaram as autoridades locais. Somente cinco sobreviveram.

+ Homem pula pela janela segundos antes de ônibus cair em penhasco no Peru e escapa de acidente

As primeiras informações apontam que os passageiros eram de nacionalidade uzbeque. Imagens publicadas nas redes sociais mostravam o veículo, que circulava por uma estrada em meio às montanhas nevadas, totalmente carbonizado pelas chamas.

+ Usbequistão, reduto do Islã radical na Ásia central

O acidente aconteceu por volta das 10h30 (3h30 em Brasília), na região de Aktobe, a principal cidade do noroeste do Casaquistão, perto da fronteira russa, anunciou o Ministério de Situações de Emergência do país, em um comunicado.

"Havia a bordo 55 passageiros e 2 motoristas. Cinco receberam assistência médica e as outras 52 pessoas morreram", acrescentou a pasta, sem informar as causas do incêndio.

Relembre: Tragédia no Peru

O ônibus tinha placa de origem casaque, mas levava uzbeques, disse Ruslan Imankulov, representante do Ministério. Segundo ele, o veículo começou a pegar fogo de repente.

O veículo fazia o trajeto entre a cidade russa de Samara, às margens do Rio Volga e perto da fronteira casaque, e Shymkent, no sul do Casaquistão, ainda de acordo com o Ministério. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.