Incêndio em parque da Califórnia ganha força

Um incêndio florestal na borda noroeste do parque Nacional de Yosemite, na Califórnia, se intensificou na manhã deste sábado. Bombeiros lutavam para proteger as comunidades localizadas nas montanhas próximas ao local.

Agência Estado

24 de agosto de 2013 | 17h13

O fogo manteve-se estável durante a noite, atingindo uma área de cerca de 500 quilômetros quadrados, mas um porta-voz do Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndios da Califórnia disse que os bombeiros não obtiveram o recuo que costumam conseguir nas primeiras horas deste sábado.

"Nesta manhã vimos o fogo se intensificar mais cedo do que nos últimos dias", disse o porta-voz Daniel Berlant. "Geralmente, não fica quente até o início da tarde. Poderemos ver o fogo ganhar força mas rapidamente hoje."

O incêndio teve início num remoto cânion da Floresta Nacional Stanislaus, uma semana atrás e apenas 5% foi contido. Mais de 2.600 bombeiros e seis aviões combatem o fogo. Mais de 5.500 casas estão ameaçadas e quatro delas foram destruídas.

O incêndio abrange uma área tão grande e queima com uma velocidade tão feroz que criou seu próprio padrão de clima, o que torna difícil prever que direção vai tomar.

O fogo está a seis quilômetros do reservatório Hetch Hetchy, de onde a cidade de São Francisco recebe 85% da água e energia usada por seus habitantes. O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou estado de emergência por causa da ameaça. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Califórniaincêndioparque Yosemite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.