Incêndio em prédio comercial no Japão deixa pelo menos 27 mortos

Incêndio em prédio comercial no Japão deixa pelo menos 27 mortos

A polícia investiga a possibilidade do incidente no centro de Osaka ter origem criminosa

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2021 | 03h57

Pelo menos vinte e sete pessoas morreram devido a um incêndio no quarto andar de um movimentado prédio comercial no centro de Osaka, a maior cidade do oeste do Japão, nesta sexta-feira, 17. A polícia investiga a possibilidade de o incidente ter origem criminosa.

O primeiro alerta de fogo ocorreu por volta das 10h20 (horário local) e foi controlado após 20 minutos. Equipes de resgate carregaram pessoas para fora do prédio em macas, conforme informou a emissora nacional NHK.

O incêndio destruiu uma área de cerca de 60 metros quadrados do prédio de oito andares, localizado próximo a uma estação ferroviária na cidade portuária. O quarto andar, onde se acredita terem começado as chamas, abrigava uma clínica médica especializada em medicina interna e psiquiatria.

Em declarações à NHK, Ai Sekizawa, especialista em incêndios da Universidade de Ciência de Tóquio, chamou episódio de "chocante". “Não sabemos os detalhes ainda, mas pequenos edifícios com vários locatários às vezes têm apenas uma escada de emergência”, disse, acrescentando que um incêndio perto da saída pode ter causado a morte por asfixia ou inalação de fumaça enquanto as pessoas tentavam escapar.

Em 2019, outro incêndio em um estúdio de animação em Kyoto, mais uma cidade no oeste do Japão, deixou 33 pessoas mortas e dezenas feridas. / NYT

 

Tudo o que sabemos sobre:
incêndioJapão [Ásia]medicina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.