Incêndio em prédio mata 1 e fere mais de 50 em Bangladesh

Acredita-se que área estava fechada, pois sexta-feira é dia de descanso no país; vítima era segurança do local

AE-AP, Agência Estado

13 de março de 2009 | 09h13

Um incêndio no maior centro comercial de Bangladesh provocou a morte de pelo menos uma pessoa e feriu mais 50 nesta sexta-feira, informaram autoridades e a mídia locais. O fogo começou no 18º andar do centro comercial Bashundara City, mas a causa do incêndio ainda é desconhecida, disse a bombeira Selina Chowdhuty. O prédio de 22 andares situa-se em Daca, a capital bengalesa.

 

Foto: Efe

 

Apesar dos esforços dos bombeiros, as chamas continuavam se espalhando para andares mais altos do edifício horas depois do início do combate ao fogo, prosseguiu ela. Não se sabe quantas pessoas estavam no interior do centro comercial quando o incêndio começou. Quinze viaturas trabalharam no combate ao fogo. Soldados e policiais bengaleses ajudavam os bombeiros nos esforços de resgate, disse Abul Kalam Azad, porta-voz da primeira-ministra Sheikh Hasina.

 

Foto: AP

 

Os bombeiros conseguiram chegaram pelas escadas até o 13º andar do edifício e lutavam para que as chamas não tomassem andares abaixo, disse Mahbubur Rahman, um oficial da corporação. Médicos do Hospital Shamarita identificaram a pessoa morta como um segurança que trabalhava no centro comercial. O mesmo hospital recebeu pelo menos 17 pessoas intoxicadas pela fumaça. Outros hospitais de Daca receberam mais 33 vítimas do incêndio, a maior parte delas também com sintomas de intoxicação.

 

Foto: Efe

 

Imagens exibidas por emissoras locais de televisão mostravam o prédio sendo consumido pelas chamas enquanto centenas de pessoas, muitas delas carregando sacolas de compras, saíam às pressas do local. Três pessoas foram resgatadas por um helicóptero militar no alto do edifício. Inaugurado em 2004, o centro comercial possui mais de 2.000 lojas e cafés. A área onde o incêndio começou é administrativa e acredita-se que estivesse fechada. Em Bangladesh, a sexta-feira é um dia de descanso.

Tudo o que sabemos sobre:
Bangladeshincêndiocentro comercial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.