Incêndio em prédio na Rússia deixa 25 mortos

São 25 os mortos no incêndio de um prédio de apartamentos na região de Tuva, na Sibéria, informam autoridades. O incêndio foi controlado na noite de quarta-feira, mas outros sete cadáveres foram descobertos hoje em meio aos escombros, de acordo com o porta-voz do Ministério de Situações Emergenciais, Viktor Beltsov. Foi o pior incêndio em imóvel residencial na Rússia neste ano. Um total de 19 pessoas estão internadas em condição grave, com queimaduras e fraturas, disse Beltsov, incluindo sete crianças. O prédio, de dois andares, abrigava 142 pessoas. Uma testemunha citada pela agência ITAR-Tass diz que o fogo foi iniciado pelo quadro de energia elétrica do prédio. Ainda de acordo coma a ITAR-Tass, a eletricidade do edifício havia sido cortada por falta de pagamento, mas os moradores fizeram "gatos" para enfrentar o frio do inverno, de -20º C.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.