Incêndio em prédio residencial de Paris deixa 8 mortos

Oito pessoas morreram, em um incêndio ocorrido no início desta quarta-feira em Paris. A polícia prendeu um homem, suspeito de iniciar propositalmente o fogo, segundo autoridades. Algumas das vítimas morreram quando pularam da janela para tentar escapar do incêndio, um dos mais mortíferos em uma década na capital da França.

Estadão Conteúdo

02 Setembro 2015 | 09h05

Entre os mortos havia duas crianças e dois sobreviventes estavam hospitalizados, de acordo com um porta-voz do Ministério do Interior, Pierre-Henry Brandet. Bombeiros apagaram um pequeno incêndio de papéis após a meia-noite no prédio, então foram chamados novamente duas horas depois diante de um fogo muito maior, disse um porta-voz dos bombeiros, Gabriel Plus. Não estava claro se havia relação entre os dois incidentes nem suas causas.

Quando os bombeiros chegaram pela segunda vez, várias janelas haviam sido destruídas e duas pessoas pularam de suas janelas e estavam imóveis no chão, relatou Plus. Brandet disse que o fogo começou em uma escadaria, no térreo. Vários apartamentos foram consumidos pelo fogo, além da escada, forçando as pessoas a pular. Mais de 100 bombeiros trabalharam na operação para controlar o fogo.

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, disse que não havia registros anteriores de problemas elétricos ou com gás no prédio e que ele estava em boas condições. O incêndio foi um dos mais mortíferos em Paris desde 2005, quando um incêndio em um hotel que abrigava imigrantes africanos deixou 24 mortos, entre eles 11 crianças. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
França incêndio Paris

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.