Incêndio em prisão turca deixa 14 feridos

O governador da província turca de Sanliurfa, Celattin Guvenc, disse nesta segunda-feira que os detentos na penitenciária provincial provocaram um incêndio que deixou 14 deles feridos - um dia após um outro incêndio ter matado mais de doze condenados na mesma prisão. Guvenc disse que o incêndio de hoje começou em uma ala para adolescentes detidos, embora entre os hospitalizados estejam detentos adultos.

AE, Agência Estado

18 de junho de 2012 | 16h06

Ainda não está claro se o incêndio desta segunda-feira foi provocado para protestar contra a morte dos 13 detentos na mesma prisão no domingo, quando os presos colocaram fogo nos colchões após uma briga entre gangues.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.