Incêndio em supermercado mata ao menos 250 no Paraguai

Pelo menos 250 pessoas morreram e 330 ficaram feridas neste domingo em um incêndio de um supermercado na capital do Paraguai. "O número pode ser bem maior. Continuamos tirando corpos do supermercado", disse o porta-voz presidencial José Duarte. Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo começou com uma explosão de gás em uma das cozinhas da área de restaurantes do supermercado e acabou se alastrando por todo o prédio, matando clientes e trabalhadores.Testemunhas disseram que, após a explosão, as portas do supermercado foram fechadas para que nenhum cliente saísse sem pagar, agravando ainda mais a tragédia. Rosa Resquín, uma testemunha, disse que os seguranças do estabelecimento impediam os clientes de saírem até a rua. "Eles só abriram as portas quando os policiais e os bombeiros chegaram mas já era tarde demais", disse.O supermercado Ycuá Bolaños tem 30 metros de altura e 100 de largura e uma praça de alimentação. Estima-se que na hora da tragédia havia cerca de 400 pessoas no local. O governo pediu a prisão do dono do estabelecimento, Juan Pío Paiva. O desastre sobrecarregou os serviços de emergência. O governo argentino declarou que irá enviar a Assunção um avião com medicamentos e elementos de primeiros-socorros para as vítimas do incêndio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.