Incêndio faz 12 mortos e 33 feridos em Johanesburgo

Pelo menos 12 pessoas morreram nesta quarta-feira e outras 33 ficaram feridas em um incêndio que atingiu um edifício do centro de Johanesburgo, segundo o diretor dos serviços de Emergência na cidade sul-africana, Malcolm Midgley. Midgley declarou que tudo indica que as 12 pessoas morreram asfixiadas. Dos feridos, que foram levados a hospitais próximos, nove estão em estado grave, e os demais com queimaduras consideráveis. O fogo, segundo explicou Midgley, teve início à 1h local (20h de Brasília dea terça-feira) em uma oficina abandonada que servia de abrigo a cerca de 150 imigrantes ilegais. A causa do incêndio ainda é desconhecida. As vítimas, em sua maioria de origem malaia, não conseguiram escapar das chamas por terem bloqueado as duas únicas saídas com seus pertences, com o objetivo salvá-los do fogo. A tragédia evidencia o péssimo estado de conservação em que se encontram os edifícios do centro da cidade, que têm servido de abrigo a meninos de rua e a imigrantes ilegais.

Agencia Estado,

29 Março 2006 | 06h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.