AFP PHOTO / CARLOS COUTINHO
AFP PHOTO / CARLOS COUTINHO

Bombeiros tentam controlar incêndio florestal em área próxima a Sydney

Polícia do Estado de Nova Gales do Sul abriu uma investigação sobre a origem do incêndio, que pode ter sido iniciado de forma criminosa

O Estado de S.Paulo

16 Abril 2018 | 02h12
Atualizado 16 Abril 2018 | 10h22

SYDNEY, AUSTRÁLIA - Centenas de bombeiros tentam controlar nesta segunda-feira, 16, um incêndio em uma área próxima a Sydney, onde as temperaturas se elevaram nos últimos dias.

+ Cerca de 90 casas são destruídas por incêndios florestais na Austrália

+ Polícia da Califórnia espera 'milagre' para encontrar desaparecidos em deslizamento

A polícia do Estado de Nova Gales do Sul abriu uma investigação sobre a origem do incêndio, que pode ter sido iniciado de forma criminosa.

+ Metade dos incêndios na Califórnia está controlada, diz autoridades

As chamas devastaram mais de 2.430 hectares de floresta e obrigaram alguns moradores a abandonar a região. Até o momento, nenhuma casa foi destruída e ninguém ficou ferido.

"É um milagre absoluto que nenhuma vida tenha sido perdida e quase nenhum bem, graças ao trabalho incansável e ao esforço de nossos serviços de emergência", declarou Mark Speakman, ministro interino dos Serviços de Emergência de Nova Gales do Sul. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.