Incêndio mata 22 pessoas na China

Entre os mortos estão soldados, moradores locais e funcionários do parque

Efe

06 de dezembro de 2010 | 03h50

Equipe médica de emergência foi enviada para o local; bombeiros combatem as chamas. 

 

PEQUIM - Pelo menos 22 pessoas morreram e três ficaram feridas no incêndio em uma pastagem, na região tibetana do sudoeste da China, informou nesta segunda-feira, 6, a agência Xinhua.

 

Quinze dos mortos eram soldados, dois funcionários da administração local dos parque e florestas e cinco moradores locais.

 

Cerca de 2 mil pessoas, moradores locais, soldados e bombeiros, lutam contra o fogo e o governador de Sichuan, Jiang Jufeng, viajou para a região, a cerca de 580 quilômetros da capital provincial, Chengdu, além de uma equipe médica de urgência.

Tudo o que sabemos sobre:
IncênciotragédiaChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.