Incêndio na China mata 43 pessoas, diz mídia estatal

Um incêndio em uma fábrica de processamento de carne de aves no nordeste da China matou, pelo menos, 43 pessoas nesta segunda-feira, informou a mídia estatal.

AE, Agência Estado

03 Junho 2013 | 01h13

O incêndio na fábrica Baoyuan, em Dehui, na província de Jilin, foi causado por um problema elétrico, afirmou a emissora estatal CCTV em sua conta no Weibo, um serviço semelhante ao Twitter. "43 pessoas foram encontradas mortas no local do incêndio", disse.

Os bombeiros ainda trabalhavam para apagar as chamas quase cinco horas depois do início do incêndio por volta das 6h (horário local), afirmou a agência oficial de notícias Xinhua, citando fontes locais não identificadas. Equipes de emergência estavam realizando os trabalhos de resgate, acrescentou. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
chinaincêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.