Incêndio volta a refinaria venezuelana

É o segundo incêndio grave em uma usina de processamento de petróleo na Venezuela em menos de um mês

CARACAS, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2012 | 03h06

Bombeiros retomaram ontem o combate ao fogo na refinaria de El Palito, em Puerto Cabello, a 212 quilômetros de Caracas. O incêndio, dado como controlado na quinta-feira, retornou a um dos tanques de combustível. É o segundo incêndio em uma refinaria venezuelana em menos de um mês. Em agosto, uma explosão na refinaria de Amuay matou 42 pessoas.

O alerta foi dado pelo governador de Carabobo, Henrique Salas Feo, em sua conta no Twitter. "Confirmaram que o incêndio recomeçou na refinaria El Palito. Carabobo em alerta", escreveu. O presidente Hugo Chávez garantiu que o fogo será controlado. "Não há risco de complicações nem sabotagens", disse.

Eleição. Pesquisa do instituto Datanálisis divulgada ontem manteve o favoritismo de Chávez. Ele tem 48,1% das intenções de votos. O candidato da oposição, Henrique Capriles, tem 29,1%. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.