Incêndios deixam 4 mortos na Riveira. Pode ser terrorismo

Incêndios florestais devastaram nesta terça-feira a Riviera Francesa, deixando pelo menos quatro mortos e obrigando à retirada de milhares de pessoas. Os bombeiros suspeitam que os cerca de 30 incêndios que se iniciaram quase simultaneamente na segunda-feira foram intencionais. Eles encontraram coquetéis molotov na região, de acordo com informações de rádios e TVs locais.O prefeito de Roquebrune-sur-Argens, Luc Jousse, qualificou os incêndios como ?uma nova forma de terrorismo?. ?É o Apocalipse?, disse Jousse à televisão LCI. Indicou que só em sua região foram evacuadas mais de 10 mil pessoas. O presidente Jacques Chirac, que se encontra em Papeete, no Taiti, disse que ?os culpados serão buscados? e que as sanções ao crime ?serão de uma severidade extraordinária?. Contingentes de bombeiros e equipamentos partiram de diversas partes da França e inclusive da Itália em apoio aos 1.500 homens que durante toda a noite enfrentaram as chamas. Cerca de 100 soldados também se juntaram aos 300 que se encontram patrulhando a área.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.