Incêndios devastam comunidades no oeste do Canadá

As previsões de mais calor, seca e fortes ventos fazem com que as autoridades canadenses temam que os piores incêndios florestais dos últimos 50 anos no oeste do país continuem a se espalhar. Uma espessa nuvem de fumaça envolvia Kamloops nesta segunda-feira. Kamloops é o centro de uma série de focos de incêndio no interior do Estado canadense de Colúmbia Britânica. Em Alberta, ao sul, autoridades locais aproveitavam-se do clima mais ameno para enviar funcionários aos focos de incêndio com o objetivo de criar aceiros e evitar a disseminação do fogo. Ontem, em Blairmore, moradores foram retirados quando o incêndio já estava próximo de algumas propriedades. As centenas de focos de incêndio em Alberta e na Colúmbia Britânica consumiram dezenas de casas e obrigaram a retirada de 11.000 pessoas de áreas majoritariamente rurais. Não há informações sobre vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.